FLORIANÓPOLIS / SC - sexta-feira, 25 de maio de 2018

ARTIGOS MÉDICOS SOBRE VÁRIAS DOENÇAS

  
  
  

DIAGNÓSTICO E CÂNCER DA TIREÓIDE DUPLICA

Os diagnósticos do câncer da tiróide mais que dobraram nos Estados Unidos, de 1973 a 2002; agora, investigadores acreditam que pensam saber o porque desta mudança.

A American Cancer Society prevê que cerca de 30.180 novos diagnósticos de câncer da tireóide e 1.500 mortes por esta causa, irão ocorrer nos Estados Unidos este ano.

O novo estudo foi publicado na revista The Journal of the American Medical Association.

Os investigadores estudaram informações de atestados de óbito, de um banco de dados mantido pelo Instituto Nacional do Câncer.

Entre os achados, verificaram que a incidência de câncer da tireóide era de 3,6 por 100.000 pessoas em 1973; já em 2002, a incidência passou a ser de 8,7 por 100.000 pessoas em 2002, um aumento de 2,4 vezes.

O câncer papilar da tiróide foi responsável pela maior parte do aumento. Nenhum aumento foi observado nos cânceres da tiróide menos comuns (folicular, medular, e anaplástico).

A taxa de morte norte-americana para o câncer da tiróide era estável, de 1973 a 2002, sendo de aproximadamente 0,5 mortes por 100.000 pessoas.

Os investigadores acreditam que, o maior escrutínio diagnóstico, seja a mais provável explicação, para o aumento aparente na incidência do câncer da tireóide.

Fonte: The Journal of the American Medical Association. , May 10, 2006; vol 295: pp 2164-2167.

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

VASECTOMIA MELHORA VIDA SEXUAL

Ao contrário dos temores populares, a vasectomia, procedimento cirúrgico pelo qual um homem pode tornar-se estéril, não prejudica a vida sexual masculina, de acordo com pesquisa do Hospital das Clínicas de São Paulo. O estudo indica que, na maioria dos pacientes, o desejo sexual e a satisfação até aumenta após a cirurgia. Para confirmar esse dado, os pesquisadores usaram um questionário que mede coisas como a capacidade de ereção, a ejaculação, a libido e a satisfação sexual do paciente. E dois terços dos pacientes relataram que o desejo e a satisfação sexual aumentaram após a vasectomia. Os autores acreditam que isso acontece por causa de um do relaxamento psicológico que a técnica de controle de natalidade traz ao homem.

 

Fonte: http://blogboasaude.zip.net/arch2007-06-10_2007-06-16.html#2007
_06-12_08_51_17-119648571-0